sexta-feira, 22 de agosto de 2008

"...é só uma constatação. Meu país é este. Aliás, tem uma frase do Renato Russo [cantor e compositor, 1960- 1996] da qual gosto muito: ele dizia que o povo brasileiro não é feliz. É alegre. Tudo é farra, carnaval, e os governantes infelizmente fecham os olhos para tantos problemas. No meu tempo de estudante, eu dizia que se o Brasil tivesse mais creches e escolas haveria menos hospitais e menos cadeias. A frase continua valendo, e agora completo: também haveria menos drogas e menos violência. Nesse contexto não é fácil viver como escritora. E veja que ainda procuro seduzir o leitor, dourar a pílula. Mas também não vou apelar, como muitos, fazendo auto-ajuda disfarçada de literatura!"

3 comentários:

carla disse...

Essa é a Lygia que eu AMO!!!!
se existe perfeição eu não sei, mas que ela está próxima disso eu não tenho dúvida!!!

Daniela Gatolini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniela Gatolini disse...

Sou fa incondicional das obras de Lygia Fagundes Telles... a ela minha homenagem. Dani